Onde Vivem os Monstros?

19 de Outubro de 2018

O processo de produção da nossa Mostra Cultural foi um período de muitas atividades,  brincadeiras, descobertas e aprendizagem dos nossos pequenos alunos.

Conforme o tema da Mostra “Das páginas dos livros para as telas do cinema “, os alunos do Baby (G3,G4,G5) tiveram a oportunidade de conhecer o livro e o filme “Onde vivem os monstros”. O livro escrito em 1963 por Maurice Sendak foi adaptado para os cinemas em 2009 por Spike Jonze. A história traz situações onde uma criança tem a necessidade de lidar com as suas emoções. Ouvir e assistir essa história, mexeu com a imaginação das crianças que puderam brincar numa cabana, fizeram e brincaram no barco igual ao que Max viaja até a ilha dos monstros, realizaram um livro de atividades e puderam refletir sobre as atitudes do menino Max.

Mas não parou por aí. Nossos pequenos artistas pintaram as florestas e os monstros,  construíram o menino Max e seu amigo monstro Carol, criaram regras para um jogo de Trilha Gigante baseado na história de Max. Pode-se dizer que os alunos do Baby viveram a história por um longo período e apresentaram aos pais e visitantes esse mundo imaginário de Max no qual tiveram grandes momentos compartilhados e vivenciados em sua imaginação.

Beijos, Professoras Ivy e Renata.

Anúncios

Análise e Releitura do livro “Sombra” nas aulas de Língua Portuguesa e Filosofia

5 de Outubro de 2018

Neste trimestre a turma do 7º ano conheceu a obra “Sombra”, da autora sul-coreana Suzy Lee, consagrada pela criação deste e dos livros-imagem “Espelho” e “Onda”. A obra conta, em lindos desenhos, a história de uma menina que se perde no tempo brincando com as sombras do seu sótão mal iluminado. Suas mãos se tornam um pássaro e os objetos lá aguardados, como uma botina velha, um aspirador de pó e algumas caixas se transformam em um lobo e um elefante.

O livro convida o leitor a imaginar cada cena e a ter uma certa paciência para analisar as imagens e não ter pressa em se chegar ao fim. Já que não tem palavras, prestar muita atenção à cada cena é obrigatório. Nas aulas de Língua Portuguesa, os alunos tiveram esse tempo para ler a obra e analisar, individualmente e em grupo, cada página dupla – do lado esquerdo, o mundo real; do direito, a imaginação. Após a discussão, todos juntos criaram uma narrativa para um teatro de sombra, cujo palco foi uma caixa de papelão customizada pelos próprios alunos.

Nas aulas de Filosofia, além da retomada da análise da obra, discutimos sobre os possíveis temas que a obra remete como o mundo das ideias e o mito da caverna (Platão) e os possíveis significados do claro e escuro, representados no livro. Por fim, convidamos as professoras e os alunos do Integral para assistirem ao nosso teatro de sombra. Foi uma alegria recebê-los! Gravamos a apresentação da turma e tiramos muitas fotos deste dia.

Confira as imagens da atividade.

Prof.ª. Carina Martins

Filosofia

O estudo do corpo humano

2 de Outubro de 2018

O corpo humano sempre despertou o interesse do homem e, como não poderia ser diferente, é um assunto cada vez mais estudado na ciência.

Apesar de muito estudado pela ciência, no ambiente escolar este é um tema previsto pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, tornando-se, portanto, um assunto comumente abordado pelas mais diversas disciplinas e sob as mais diferentes perspectivas, sempre considerando o corpo como um suporte para a identidade dos indivíduos e, portanto, tornando-se um tema central. Como diz uma frase que é muito utilizada nas redes sociais: “ Meu comprovante de residência é o meu corpo! ” (Alexia Garcia). O corpo não é visto apenas como um organismo, mas sim como uma expressão do indivíduo.

Visto sob a perspectiva das ciências biológicas, o corpo é a estrutura física, individualizada do ser humano capaz de executar diversas ações. Constituído por diversas partes entender seu funcionamento é fundamental para que o indivíduo se reconheça no ambiente e saiba como cuidar melhor de si.

Através de experiências, realidade virtual, desenhos, documentários, relatórios e outros recursos didáticos o  8° ano tem estudado no decorrer deste ano letivo, o corpo humano desde o desempenho dos diversos tipos de células (musculares, nervosas e etc.), o reconhecimento dos diferentes tecidos (tecido epitelial, tecido adiposo e etc.), o funcionamento dos órgãos (estômago, intestinos e etc.) e a performance dos diferentes sistemas (Respiratório, Cardiovascular e etc.) que juntos trabalham para formar o organismo.

Com conhecimento sobre o funcionamento do corpo humano os alunos conseguem compreender a importância dos cuidados que devem ter com sua saúde, conseguem melhorar a higiene evitando agravos a saúde, aprendem a identificar e respeitar seus limites e a respeitar os outros indivíduos.

Confira abaixo algumas imagens capturadas durante algumas das aulas sobre o corpo humano:

 

Abraços,

Professor Leandro

“O Auto da Compadecida”: Releitura em Cordel e Xilogravura para a Mostra Cultural

24 de Setembro de 2018

Com o tema “Das Páginas dos Livros Às Telas do Cinema”, a Mostra Cultural de 2018 contemplou nossos alunos do 8º ano com um dos maiores clássicos da literatura, teatro e cinema do Brasil: “O Auto da Compadecida”.

A obra de Ariano Suassuna conta as histórias do esperto João Grilo e de seu melhor amigo, o atrapalhado Chicó.  A dupla ludibria a todos com suas armações para ganhar uns trocados para sobreviver: os membros da Igreja, os ricos da cidade, o cangaço e até o diabo! O livro é baseado na tradição popular nordestina, nas crenças e superstições do povo alegre e criativo da região. Com muita irreverência, a obra retrata temas ácidos como a miséria humana, a indiferença ao outro e o racismo.

Desde o mês de junho a turma vem produzindo variados trabalhos sobre o livro. Em agosto, todos escreveram um cordel baseado em um personagem da obra e finalizamos esta etapa confeccionando uma linda capa em estilo xilogravura em sala de aula, sob supervisão dos professores Carina Martins e Leandro Foeger.

O cordel é um tipo de literatura popular tradicional do Nordeste. É escrito de forma rimada e alguns poemas são ilustrados com xilogravura, gravuras feitas em relevo, geralmente em madeira.

O 8º ano usou bandeja de isopor como carimbo para as gravuras, que representaram o personagem narrado no cordel. Foi uma atividade muito divertida e ficou tudo muito bonito!

Confira abaixo as imagens do dia de produção das xilogravuras dos cordéis e alguns vídeos com trechos dos poemas de alguns alunos.

Será um prazer te receber na nossa sala no dia 29 de setembro. Não deixe de nos visitar!

 

Profs. Carina Martins e Leandro Foeger

Ziraldo na Mostra Cultural

20 de Setembro de 2018

Os alunos do 6° ano estão preparando uma maravilhosa apresentação sobre as obras e a vida do nosso querido e amado escritor, Ziraldo, para a nossa Mostra Cultural.

Eles realizaram leituras e pesquisas sobre “O Menino Maluquinho”, “Uma professora Maluquinha”, “Flicts” e “O planeta Lilás”.

Agora, estamos em fase de produção sobre esse universo dinâmico, colorido e de aprendizagem que o Ziraldo trás em todas as suas obras.

Os alunos também estão produzindo jogos que entrelaçam as obras e vida de Ziraldo com a Língua Inglesa.

Esperamos a visita de cada um de vocês dia 29/09/2018 das 9h às 12h.

Professores

Lucas e Victor

Meu Pé de Laranja Lima na Mostra Cultural

5 de Setembro de 2018

Este ano temos como tema norteador para nossa Mostra Cultural “Das páginas dos livros às telas do cinema”, a nossa turminha do 7º ano foi presenteada para trabalhar com o livro  Meu Pé de Laranja Lima”.

Escrito por José Mauro de Vasconcelos e publicado em 1968; foi traduzido para 52 línguas e publicado em 19 países.

Este livro retrata a história de um menino de cinco anos chamado Zezé, que pertencia a uma família muito pobre e numerosa. Sua mãe trabalhava numa fábrica e o pai estava desempregado. Por conta desta situação suas irmãs mais velhas tomavam conta dos mais novos e, por sua vez, Zezé tomava conta do seu irmãozinho mais novo, Luís.

Tendo como base nessas informações, as crianças começaram a desenvolver algumas ideias para concretizar essa experiência da leitura e da obra cinematográfica. Esse processo artístico tem sido realizado durante algumas aulas de língua portuguesa e de educação física sob a orientação das professoras Angélica e Natália.

Nosso objetivo durante esse processo é que nossos alunos possam valorizar obras clássicas e magníficas como esta

, proporcionando momentos de prazer através da leitura, ampliando vocabulário e a organização de pensamentos, contribuir para o processo de construção e mudança de valores humanos, cooperação, companheirismo, diversão, respeito, e principalmente pela valorização de si mesmo e do próximo.

 

Teatro e Escola

31 de Agosto de 2018

Ensinar teatro é mais que uma atividade artística, é a própria arte fazendo com que os alunos participantes aprendam com prazer, atuando como criadores e montadores no seu próprio espetáculo. Sentindo-se, de fato, partes importantes e capazes, provando que estão e são capazes de desenvolver esse trabalho corpóreo e psicológico.

Nas aulas, não foi exigido que o aluno desenvolvesse uma atuação profissional, mas que se empenhasse em criar uma estrutura forte, para que gradativamente se prepare com empenho e responsabilidade para atuação.

Foram realizados momentos de aprendizagem diferenciados para que os alunos entendessem o universo do nosso folclore e lendas brasileiras com pesquisas e improvisações apresentadas em cena pelos próprios alunos. Com esses materiais montamos o espetáculo chamado Viagem ao centro da Terra, que conta a história de uma trupe de teatro que recebe um convite para criarem uma peça teatral que será apresentada para a corte. O objetivo era que chegassem ao centro da terra, passando pelas regiões do Brasil e se deparando com as culturas e tradições.

Esse trabalho foi importante para que os alunos entendam avaliar e analisar o resultado de suas ações, além de oportunizá-las a construção de seu conhecimento desenvolvendo todas as suas potencialidades.

 

O Mágico de Oz na Mostra Cultural

27 de Agosto de 2018

Na Mostra Cultural desse ano, as turmas irão trabalhar com livros que inspiraram  filmes. Sendo assim, as turmas dos 3º e 4º anos, juntos, ficaram com o tema “O mágico de oz”.

Por meio de pesquisas realizadas com os familiares, as crianças puderam conhecer um pouco sobre os personagens, a história e apresentaram suas descobertas em forma de seminários e, com os conhecimentos trazidos para sala de aula, iniciamos a leitura do livro.

No decorrer do semestre, elas puderam destacar meio as leituras peculiaridades dos personagens, como o espantalho que estava em busca de um cérebro, mas que, no percurso até encontrar o “Mágico de Oz”, apresentou muitas ideias, nas quais os outros personagens não tinham pensado.

Com o término das leituras apresentamos a versão mais antiga do filme “O mágico de Oz”, em que as crianças puderam fazer várias associações ao livro, como o cenário, as vestimentas dos personagens e a personalidade de cada um. Depois, tiveram uma sessão cinema com a nova versão “Oz, Mágico e Poderoso”, filme lançado em março de 2013.

As crianças fizeram atividades sobre o livro e os filmes e agora estamos preparando alguns jogos para o dia da nossa Mostra Cultural.  Para enriquecer o vocabulário das crianças, um deles é o jogo “Soletrando”, as crianças escolheram algumas palavras desconhecidas que observaram nos momentos das leituras e terão que descobrir o significado e fazer a colocação da mesma em uma frase. Esse trabalho está sendo muito importante para a percepção das crianças, a troca de informações entre elas e a colaboração dos trabalhados em grupos.

Abraços,

Professoras Lislie e Vânia.

Brincando e Aprendendo nas Férias

23 de Agosto de 2018

Durante o curso de férias desse ano, nossos alunos tiveram a oportunidade de trabalhar a coordenação motora fina de maneira lúdica através das nossas oficinas, cujo trabalho resultou em muita diversão.

Os alunos produziram colares de macarrão penne,  pulseiras de miçangas e de canudinhos. Com essa oficina precisaram usar a concentração e a coordenação para colocar os fios em extremidades finas, precisando controlar seus movimentos e encaixar o cordão nos furos.

Eles também fizeram dois jogos gigantes, o Twister e o Jogo de Trilha. Durante a construção dos jogos recortaram os círculos e posicionaram os mesmo dentro do espaço de tecido TNT, assim, trabalhando a coordenação motora, as formas geométricas e a noção espacial.

 

Abraços,

Professoras Ivy e Lislie

 

Vivência dos fundamentos básicos de forma adaptada dos esportes

17 de Agosto de 2018

Após nosso retorno das férias de julho, os alunos do quinto ano, iniciaram a prática adaptada, dos fundamentos básicos de alguns esportes mais populares em nosso país; com o objetivo de ampliarem seus conhecimentos, vivências e se habituarem às novas práticas que os aguardam a partir do novo ciclo, que inicia a partir do sexto ano.

Até então, durante as aulas de educação física, as crianças praticam jogos, brincadeiras e atividades coletivas e individuais, para desenvolverem e aprimorarem diversos aspectos como, coordenação motora, lateralidade, equilíbrio, organização espaço-temporal, dentre outras.

Para as crianças é importante a vivência esportiva, pois contribui nas questões físicas e emocionais, além de incentivar o trabalho em equipe, a disciplina e o senso de responsabilidade, além de trabalharem o controle emocional, sendo mais sociáveis e ativos.

Toda e qualquer forma de atividade física é de extrema importante para qualquer pessoa, uma vez incentivada e habituada a prática, tornará um indivíduo ativo, devemos sempre lembrar que hábitos saudáveis se adquirem desde a infância!

Foram aulas bem divertidas, com muito aprendizado, de forma progressiva e adaptada, sempre respeitando os limites de cada um.

Abaixo segue algumas fotos de nossas aulas.

Profª Natália.